Temporal no Dragão: canto coral sobre composições de Chico, Danilo Caymmi e outros

3 de dezembro de 2013 - 10:50

Músicas de Chico Buarque, Danilo Caymmi, Itamar Assumpção, Milton Nascimento e Pedro Luiz, entre outros compositores brasileiros reconhecidos, fazem parte do repertório de Temporal, espetáculo do grupo vocal Coro e Osso, de Matão (SP), que será apresentado, gratuitamente, nessa quarta-feira (4), às 20 horas, no Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura. Os ingressos serão distribuídos no dia da apresentação única, a partir das 14 horas, na bilheteria do Anfiteatro do Dragão.

O grupo vocal Coro e Osso é mantido pela Associação Cultural Coro e Osso e está em Fortaleza para um intercâmbio de experiências com o Coral da Universidade Federal do Ceará (UFC), que encerrou nesse fim de semana a primeira temporada do espetáculo Menino, uma travessia pela obra de Milton Nascimento. No último dia de apresentação, o grupo Coro e Osso dividiu o palco do Teatro do Dragão do Mar com o Coral da UFC cantando uma música.

Com todos os arranjos inéditos, escritos especialmente para o espetáculo, Temporal trata do tempo e da oralidade e é resultado de uma pesquisa do grupo Coro e Osso em busca de novas possibilidades para o canto coral. Sob direção artística e arranjos de Luiz Piquera e direção cênica, iluminação, cenário e figurinos de Alexandra Marian, o grupo faz apresentações cênico-musicais à semelhança do Coral da UFC.

Além de Temporal, Fortaleza está recebendo o espetáculo Assentamento instável: outro – suíte música vogal, que reúne os grupos vocais Coro e Osso e Vocálice, este também mantido pela Associação Cultural Coro e Osso. O espetáculo se propõe a ser um novo espaço de experimentação, uma instalação montada na plateia do Teatro Universitário, onde o público, desde o início alojado no meio do espaço cênico, é convidado a participar, refletir, interagir e posicionar-se no que se constitui um assentamento instável. Uma proposta mais intimista, para apenas 35 espectadores em cada um dos quatro recitais, Assentamento instável terá suas duas últimas apresentações nesta terça-feira, às 17h30min e 19h30min. Os convites serão distribuídos uma hora antes, no local.

A Associação Cultural Coro e Osso foi criada há 22 anos e não tem fins lucrativos. Com uma série de eventos culturais musicais ligados ao canto coral, linguagem à qual vem se dedicando por meio da pesquisa, da gravação de CDs, das oficinas e workshops que ministra e da parceria com outros coros e artistas, a associação já produziu espetáculos em muitos palcos do Brasil e do exterior.

Serviço
Temporal

Data: Quarta-feira, 4 de dezembro
Horário: 20 horas
Local: Teatro do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (Rua Dragão do Mar, 81 – Praia de Iracema)
O espetáculo é gratuito, com apresentação única. O teatro tem capacidade para 250 pessoas. Os ingressos serão distribuídos a partir das 14 horas do dia 4, na bilheteria do Anfiteatro do Dragão

Assentamento instável: outro – suíte música vogal
Data: Terça-feira, 3 de dezembro
Horários: 17h30min e 19h30min
Local: Teatro Universitário Paschoal Carlos Magno (Avenida da Universidade, 2210 – Benfica)
Os espetáculos são gratuitos. A proposta é reunir apenas 35 pessoas. Os convites serão distribuídos no local, uma hora antes de cada apresentação