Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Programação Sobrado Dr, José Lourenço - Julho 2017
Seg, 10 de Julho de 2017 07:41

Governo do Estado do Ceará - Secretaria da Cultura - Sobrado Dr. José Lourenço




Ateliê Aparecidos Políticos

A cidade de Fortaleza está em constante processo de disputa e de lutas sociais, por territórios e direitos. Nesse contexto, nosso Coletivo se identifica com as proposições da arte ativista e do ativismo criativo.
Tendo por mote dar visibilidade a quem faz dessa luta sua lida diária, o Coletivo pretende trazer ao Museu de Arte Sobrado Dr José Lourenço, até 20/7, as experiências nas ruas como as intervenções de rebatismo social e performances em centros de tortura, demonstrando a necessidade e o compromisso de reconstruirmos a verdade e a memória histórica do período da exceção brasileira e da normal-excepcionalidade que vivemos, nos dias de hoje, entendendo-a como um golpe ao processo de justiça de transição e às conquistas populares.
Com a proposta do Ateliê de Artista, o Coletivo pretende ainda visibilizar, por meio da arte, as lutas populares e o protagonismo de militantes que fizeram e fazem de suas vidas, um instrumento contra as opressões, na luta por justiça social.


Exposição Biwá da artista Cláudia Oliveira Quilombola
em cartaz até 27/07
A exposição apresenta a pesquisa e o processo criativo de Cláudia Oliveira Quilombola, durante seu mestrado em educação na UFC. Cláudia Quilombola, como gosta de ser chamada, desenvolveu uma peça artística de criação colaborativa sobre as referências culturais africanas entre os quilombolas da Serra do Juá, em Caucaia, onde existem 9 quilombos.
Seu trabalho surge através da pesquisa sobre o pano de pente praticado na Guiné Bissau e o parangolé do Hélio Oiticica. Ao reunir estas duas expressões culturais Cláudia Quilombola criou uma peça artística de performance ritual que inventa e recompõe narrativas de afro-pertencimento. Nesta exposição, a artista trará peças que falam das histórias das comunidades dos quilombos: Serra do Juá, Serra da Conceição, Porteiras, Capuan, Serra da Rajada e Boqueirãozinho.


Exposição “Museu Indígena Pitaguary” do artista Benício Pitaguary
O artista indígena Benício Pitaguary, estudante de geografia desenvolve uma pesquisa a respeito das práticas das pinturas corporais e suas relações com a construção da identidade indígena. Seu processo criativo compreende o aprendizado da preparação da tintura de jenipapo, o desenvolvimento de uma pesquisa a respeito das ferramentas utilizadas para realizar as pinturas e na construção de uma estítica para esta arte indígena. Faz parte do conjunto de referências a elaboração de uma história da arte da pintura corporal indígena. Seu processo criativo por estar relacionado a uma pesquisa a respeito dos valores identitários indígenas acontece também durante as oficinas que ministra para os povos indígenas ou outros grupos interessados neste tema. Neste sentido a sua criação se manifesta a partir da vivência nas práticas coletivas comunitárias e na sua capacidade de compartilhar saberes, deste modo amplia-se o conhecimento sobre esta arte e os povos elaboram reflexões a respeito das memórias dos povos indígenas no presente e para as lutas dos povos indígenas.


Atividades Permanentes
Café do Zé
Café do Zé é uma das atividades âncora do Sobrado. Concebido em 2008 e mantido o formato até os dias de hoje, este evento, que ocorre em determinados sábados, proporciona uma integração entre artistas, críticos de Arte, curadores, professores, pesquisadores, produtores e gestores culturais com o público. O formato se inicia com uma café da manhã seguido de fala de um dos profissionais de áreas afins à exposição em cartaz ou ao espaço e o patrimônio. Seu nome advém do primeiro proprietário do espaço, o médico José Lourenço de Castro e Silva. O objetivo é aproximar o público e fazê-lo se perceber como integrante do processo de discussão de assuntos inerentes à diversas questões levantadas pelo campo Artístico, Educativo, Patrimonial.


Ações Educativas
A ação Educativa do Sobrado é específica para as necessidades de diferentes grupos que desejam visitar o espaço. Desde assuntos referentes à História do Ceará, Arquitetura do espaço, Urbanização do Centro e Histórico da Edificação até os referentes às atividades e exposições em cartaz, como temáticas voltada a Arte Africana, Africanidades, Ditadura Militar, Ateliê em Museus, Concepção e Montagem de Exposições. A entrada é gratuita e para grupos é necessário agendamento prévio pelo número ou e-mail disponibilizados: (85) 3101.8827 / Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.


Biblioteca
Biblioteca do Sobrado com acervo de revistas, catálogos e livros sobre Arte, Arquitetura, Literatura e História. Acesso gratuito mediante agendamento - que pode ser feito no local. Horários: terça a sexta, das 10h às 15h.


Sobre o Café do Zé
Café do Zé é uma das atividades âncora do Sobrado. Concebido em 2008 e mantido o formato até os dias de hoje, este evento, que ocorre em determinados sábados, proporciona uma integração entre artistas, críticos de Arte, curadores, professores, pesquisadores, produtores e gestores culturais com o público. O formato se inicia com uma café da manhã seguido de fala de um dos profissionais de áreas afins à exposição em cartaz ou ao espaço e o patrimônio. Seu nome advém do primeiro proprietário do espaço, o médico José Lourenço de Castro e Silva. O objetivo é aproximar o público e fazê-lo se perceber como integrante do processo de discussão de assuntos inerentes à diversas questões levantadas pelo campo Artístico, Educativo, Patrimonial.


Toda a programação está sujeita a alteração.

Acesse nosso Facebook, clique aqui.

Contato: (85) 3101 8826

 

Calendário

Julho 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
25 26 27 28 29 30 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 31 1 2 3 4 5