Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Secult realiza VIII Encontro Agentes de Leitura do Ceará, de terça a sexta-feira, 15 a 18/5, no Theatro José de Alencar
Seg, 14 de Maio de 2018 12:12


Mais de 170 agentes de leitura do Ceará, de 33 municípios, estarão presentes no evento de formação contínua do projeto da Secult. Além de promover palestras, exibição de filmes e atrações culturais, o encontro marca a entrega de 238 livros para as bibliotecas dos municípios participantes



A Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) realiza o   VIII Encontro Agentes de Leitura do Ceará, de terça a sexta-feira (15 a 18/5), no Theatro José de Alencar (TJA).  Mais de 170 agentes de leitura do Ceará, de 33 municípios, estarão presentes no evento de formação contínua do programa da Secult. A programação conta com palestras de grandes nomes da política do livro, leitura e literatura, além de exibição de filme e atrações culturais. O encontro será marcado pela entrega de 238 livros para cada uma das bibliotecas dos municípios participantes para serem distribuídos nas bibliotecas. A programação é gratuita e aberta ao público.

O VIII Encontro Agentes de Leitura do Ceará também traz uma mudança conceitual no projeto dos agentes, de acordo com a coordenadora das políticas de livro, leitura, literatura e bibliotecas da Secult, Mileide Flores. "O que muda é o conceito de execução do projeto. Por exemplo, antes era o agente de leitura que recebia o kit de livros para trabalhar com as comunidades. Hoje, é o município quem recebe o acervo, para sua biblioteca pública. Dessa forma, propomos uma contrapartida desses municípios. Eles têm que inaugurar um espaço dos agentes de leitura dentro das bibliotecas municipais, para que não só os agentes de leitura tenham acesso ao acervo e ao projeto, mas toda a comunidade tenha acesso", destaca.

De acordo com Mileide Flores, a biblioteca passa a ter espaço decisivo na política dos agentes de leitura. "Além do acervo entregue, a ideia é que os agentes passem a utilizar o acervo da biblioteca também. Essa inovação também atende a uma demanda dos secretários municipais de cultura, ao renovar o acervo das bibliotecas locais. Essa política vem favorecer principalmente os municípios menores, dinamizando o acervo das bibliotecas. Isso faz com que a visitação das bibliotecas aumente. Faz com que a comunidade perceba mais a biblioteca em seu espaço", acrescenta.

Programação

Durante quatro dias de evento, os agentes de leitura irão conferir uma programação intensa com palestras, visita aos equipamentos da Secult, exibição de filme e atrações culturais.

No primeiro do encontro, 15/5, os jovens recebem as boas-vindas da Secult, com uma conversa com o secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano dos Santos Piúba, um dos idealizadores do projeto em 2006. No mesmo dia, à tarde, os agentes irão conhecer o Cineteatro São Luiz e assistir ao filme "A Menina que Roubava Livros". Depois, participam de uma roda de conversa com o ator Pedro Domingues, com o tema "O corpo como ferramenta de leitura".

Nos dias 16 e 17/5, os agentes de leitura fazem um percurso formativo, conferindo palestras com a professora Sarah Diva sobre "A escrita hoje dos Agentes de Leitura"; com Goreth Albuquerque sobre "Princípios básicos para narrativa oral";  com Samara Garcia e Sâmia Bittencourt sobre "Leituras Plurais"; e com Lídia Eugênia sobre "Mediação da leitura por meio dos acervos".

No dia 17, os agentes também farão uma visita guiada pelo TJA, conferindo a programação em alusão ao aniversário do Theatro, com várias atrações.

O encerramento conta com palestras como "A repercussão social do Agente de Leitura", com Martir da Silva, e "As leituras que me habitam", com a professora e escritora Cleudene Aragão.

Mais sobre os Agentes de Leitura

O Projeto Agentes de Leitura do Ceará, pioneiro no Brasil, é uma ação da Secretaria de Cultura do Estado (Secult) junto ao Fundo Estadual de Combate à Pobreza (Fecop), que desde 2006 vem promovendo a democratização do acesso ao livro e à leitura por meio de diversas atividades mediadoras ancoradas em acervos bibliográficos que, mais tarde, são integrados ao acervo das bibliotecas públicas municipais e/ou comunitárias.

No projeto, cada Agente acompanha o processo leitor de 25 famílias por ele cadastradas, dentre as escolhidas pelas secretarias municipais de Educação, em 33 municípios em 188 localidades de grande vulnerabilidade social no interior do Estado, determinados pelo Fundo Estadual de Combate à Pobreza/FEcop, com base nos critérios técnicos e no Índice de Focalização dos Agentes de Leitura/IFAL elaborados pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará/Ipece.

Confira os municípios de atuação do projeto: Abaiara, Altaneira, Antonina do Norte, Assaré, Farias Brito, Juazeiro do Norte, Mautiti, Porteiras, Salitre, Santana do Cariri, Tarrafas, Acopiara, Cariús, Quixelô, Fortaleza, Granja, Uruoca, Itapiúna, Croatá, Viçosa do Ceará, Dep. Irapuan Pinheiro, Milhã, Pedra Branca, Cariré, Reriutaba, Sobral, Ararendá, Ipaporanga, Novo Oriente, Poranga, Aiuba, Parambu, Quiterianópolis.

VIII ENCONTRO AGENTES DE LEITURA DO CEARÁ

15 a 18 de maio de 2018

Theatro José de Alencar – Fortaleza – Ceará

Programação

15 de maio (terça-feira)


09h – 09h30: Recepção e entrega de material

09h30 – 10h: Abertura: Fala de boas vindas do Secretário da Cultura do Estado do Ceará, Fabiano dos Santos e autoridades.

Local: Palco Principal

10h - 12h: “O ser Agente de Leitura” com Fabiano dos Santos Piúba (Secretário da Cultura do Ceará, Escritor, Doutor em Educação e Mestre em História)

Local: Palco Principal

12h30 - 14h: Almoço Local: Jardins do Theatro

14h - 15h30: CineConversa sobre o filme “A menina que roubava livros” (Adaptação de obra homônima de Markus Zusak. Direção de Brian Percival, 2013). Contextualização de Duarte Dias (programador e curador de cinema do Cineteatro São Luis)

Local: Cineteatro São Luis

15h45 - 16h: Parada para o café Local: Jardins do Theatro

16h - 17h30: Reunião com os Secretários de Cultura dos municípios contemplados pelo Projeto Agentes de Leitura do Ceará.

Local: Auditório da SECULT, 6o andar, Edifício Cine São Luiz

16h às 17h30: Roda de Conversa “O corpo como ferramenta de leitura” com Pedro Domingues (Ator e Dramaturgo)

Local: Palco Principal

16 de maio (quarta-feira)

08h - 10h: Leitores a Caminho

“A escrita hoje dos Agentes de Leitura” com a Profa. Sarah Diva (Profa. Adjunta de Literatura Comparada do Curso de Letras da UECE e Pós-doutora em Literatura Brasileira) (Turma A)

Local: Sala de Canto

“Princípios básico para narrativa oral” Goreth Albuquerque (Narradora oral, graduada em Pedagogia. Atualmente é formadora de formadores de professores de Educação Infantil pela SEDUC/CE e integra o grupo de professores da Escola de Narradores (Fortaleza) (Turma B)

Local: Sala da Música

“Leituras Plurais” com Samara Garcia (Projeto Bora Lê, idealizado e facilitado pelas artistas e educadoras Samara Garcia e Sâmia Bittencourt esta é uma iniciativa que em diversos contextos formativos de atuação vem se propondo, desde 2014, a oferecer ferramentas e estratégias para o trabalho com a formação leitora) (Turma C)

Local: Foyer

"Mediação da leitura por meio dos acervos” com a Profa. Lídia Eugênia (Bibliotecária, pós-doutora em Ciência da Informação e doutora em educação) (Turma D)

Local: Morro do Ouro

10h30 – 12h30: Leitores a Caminho

“A escrita hoje dos Agentes de Leitura” com a Profa. Sarah Diva (Profa. Adjunta de Literatura Comparada do Curso de Letras da UECE e Pós-doutora em Literatura Brasileira) (Turma B)

Local: Sala de Canto

“Princípios básico para narrativa oral” Goreth Albuquerque (Narradora oral, graduada em Pedagogia. Atualmente é formadora de formadores de professores de Educação Infantil pela SEDUC/CE e integra o grupo de professores da Escola de Narradores (Fortaleza) (Turma C)

Local: Sala da Música

“Leituras Plurais” com Sâmia Bittencourt (Projeto Bora Lê, idealizado e facilitado pelas artistas e educadoras Samara Garcia e Sâmia Bittencourt esta é uma iniciativa que em diversos contextos formativos de atuação vem se propondo, desde 2014, a oferecer ferramentas e estratégias para o trabalho com a formação leitora) (Turma D)

Local: Foyer

"Mediação da leitura por meio dos acervos” com a Profa. Lídia Eugênia (Bibliotecária, pós-doutora em Ciência da Informação e doutora em educação) (Turma A)

Local: Morro do Ouro

12h30 - 14h: Almoço Local: Jardins do Theatro

14h - 15h30: Instrumentais (Ficha de Cadastro) com Norma Santana e Maura Isidório

Local: Sala de Canto

15h30 - 15h45: Parada para o café Local: Jardins do Theatro

16h - 17h30: Instrumentais (Ficha de Cadastro) com Norma Santana e Maura Isidório

Local: Morro do Ouro

17 de maio (quinta-feira)

08h - 10h: Leitores a Caminho

“A escrita hoje dos Agentes de Leitura” com a Profa. Sarah Diva (Profa. Adjunta de Literatura Comparada do Curso de Letras da UECE e Pós-doutora em Literatura Brasileira) (Turma C)

Local: Sala de Canto

“Princípios básico para narrativa oral” Goreth Albuquerque (Narradora oral, graduada em Pedagogia. Atualmente é formadora de formadores de professores de Educação Infantil pela SEDUC/CE e integra o grupo de professores da Escola de Narradores (Fortaleza) (Turma D)

Local: Sala da Música

“Leituras Plurais” com Samara Garcia (Projeto Bora Lê, idealizado e facilitado pelas artistas e educadoras Samara Garcia e Sâmia Bittencourt esta é uma iniciativa que em diversos contextos formativos de atuação vem se propondo, desde 2014, a oferecer ferramentas e estratégias para o trabalho com a formação leitora ) (Turma A)

Local: Foyer

"Mediação da leitura por meio dos acervos” com a Profa. Lídia Eugênia (Bibliotecária, pós-doutora em Ciência da Informação e doutora em educação) (Turma B)

Local: Morro do Ouro

10h30 - 12h30: Leitores a Caminho

“A escrita hoje dos Agentes de Leitura” com a Profa. Sarah Diva (Profa. Adjunta de Literatura Comparada do Curso de Letras da UECE e Pós-doutora em Literatura Brasileira) (Turma D)

Local: Sala do Canto

“Princípios básico para narrativa oral” Goreth Albuquerque (Narradora oral, graduada em Pedagogia. Atualmente é formadora de formadores de professores de Educação Infantil pela SEDUC/CE e integra o grupo de professores da Escola de Narradores (Fortaleza) (Turma A)

Local: Sala da Música

“Leituras Plurais” com Sâmia Bittencourt (Projeto Bora Lê, idealizado e facilitado pelas artistas e educadoras Samara Garcia e Sâmia Bittencourt esta é uma iniciativa que em diversos contextos formativos de atuação vem se propondo, desde 2014, a oferecer ferramentas e estratégias para o trabalho com a formação leitora) (Turma B)

Local: Foyer

"Mediação da leitura por meio dos acervos” com a Profa. Lídia Eugênia (Bibliotecária, pós-doutora em Ciência da Informação e doutora em educação) (Turma C)

Local: Morro do Ouro

12h30 - 14h: Almoço Local: Jardins do Theatro

14h – 15h30: Visita guiada no Theatro José de Alencar.

15h30 - 15h45: Parada para o café Local: Jardins do Theatro

16h - 17h30: Participação da programação do Theatro José de Alencar – Theatro de Portas Abertas

18 de maio (sexta-feira)

08h – 09h30: "A repercussão social do Agente de Leitura" com Francisca Martir da Silva (Advogada com experiência na área de Ciência Política, com ênfase em Administração Pública; defesa de Direitos Humanos)

Local: Teatro Dragão do Mar

10h - 11h30: “As leituras que me habitam” com a Profa. Cleudene Aragão (Profa. de língua e literatura espanholas no Curso de Letras e de Lingüística Aplicada no Programa de Pós-graduação em Lingüística Aplicada da UECE, atuando em projetos sobre Letramento Literário.)

Local: Teatro Dragão do Mar

12h30 - 14h: Almoço Local: Jardins do Theatro

14h – 15h30: Compartilhando os Caminhos de Leitura - resultado das palestras, sessão de cinema e visitas aos equipamentos.

Local: na Sala de Canto e Morro do Ouro

16h: Encerramento

 

Calendário

Maio 2018
D 2a 3a 4a 5a 6a S
29 30 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2