Secretarias e Órgãos

Telefones úteis

Redes Sociais

Com apoio da Secult, Festa de Yemanjá acontece nos dias 14 e 15/8, na Praia do Futuro e Praia de Iracema, em Fortaleza
Qui, 10 de Agosto de 2017 08:28

Foto: Salvino Lobo

 

A Festa de Yemanjá, que ocorre, anualmente, nos dias 14 e 15/8, agregando mais de 150 mil pessoas e congregando terreiros, e pessoas de diferentes regiões do Estado e religiões, bem como grupo culturais e afrodescendentes, estará com a tradicional programação acontecendo na Praia do Futuro e Praia de Iracema, em Fortaleza, com o apoio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). Confira abaixo a programação.

Na Praia do Futuro, a Festa de Yemanjá, que acontece há 52º anos, a programação tem início na segunda-feira, 14/8, às 18h, na Barraca Zé da Praia, com a presença da diretoria da união Espírita Cearense de Umbanda (UECUM), que está completando 50 anos de existência. Também acontece às 18h30 a apresentação cultural do Afoxé Filhos de Oya, campeão do Carnaval de Fortaleza, no palco principal do evento. O início dos trabalhos com o Centro Rei Dragão do Mar de Mãe Taquinha de Oya começam às 20h40 e seguem até meia-noite. Vale lembrar que durante toda a noite, a equipe da UECUM estará recebendo e cadastrando as caravanas vindas de Fortaleza e outras cidade do Ceará, até o encerramento do evento.

A programação tem continuidade na terça-feira, 15/8, com a saída do cortejo às 9h com a imagem da Rainha do Mar da sede provisória da UECUM, na Rua Castro Silva, 920, no Centro de Fortaleza. A chegada do cortejo está prevista para às 10h, na Praia do Futuro. As atividades têm continuidade, com mais apresentações culturais, palestra, e homenagens. Durante a programação, a Mãe Suzana, presidente da União Espírita Cearense de Umbanda (UECUM) estará entregando o certificado de participação da 52ª festa de Yemanjá.

Já na Praia de Iracema, a programação de segunda-feira começa às 16h com a saída do cortejo da Rua Amadeu Sá, 421, no Jardim Guanabara, até o aterro da Praia. A abertura oficial está marcada para 18h, seguida de lançamento de livro do escritor Cícero Centriny, apresentação cultural e início dos rituais, que vão até meia-noite. Na terça-feira, é dia de conferir a programação a partir de 8h, com apresentação de roda de capoeira, e de grupos como Maracatu Solar. Haverá também palestra, cânticos para a Rainha do Mar e partida de jangada de oferendas na Praia de Iracema.


Festa como patrimônio
Como forma de reconhecimento à Festa, o Conselho Estadual de Preservação de Patrimônio Histórico Cultural (Coepa) aprovou em reunião extraordinária realizada na Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), no dia 28 de junho, o parecer de abertura do Processo de Registro da Festa de Iemanjá como Patrimônio Imaterial do Ceará.

O registro como patrimônio imaterial é de suma importância, visto que trata das referências culturais que estão muito presentes na história de um grupo e que foram transmitidas entre várias gerações. O registro de patrimônio imaterial reconhece o valor das diferentes manifestações populares representativas da nossa diversidade cultural, incluindo os vários grupos sociais, suas formas de expressão, suas celebrações e seus modos de vida.

“O Conselho está dando um passo muito importante. Nós temos uma predominância em torno da questão do tombamento do patrimônio de natureza material e hoje estamos fazendo a aprovação deste parecer para o registro da Festa de Iemanjá como patrimônio cultural imaterial do Estado do Ceará. Isso é além de um aspecto da diversidade cultura e da memória, mas é também de uma afirmação, de uma política afirmativa da diversidade cultural e étnica brasileira”, destaca o secretário da Cultura do Estado do Ceará e presidente do Coepa, Fabiano dos Santos Piúba.

“Esse é um marco muito importante para nossa Umbanda. Ainda existe muita intolerância, mas se formos comparar dos anos 1960 pra cá, nós tivemos grandes avanços. Estamos todos muito felizes com esse momento. A Festa de yemanjá existe não só nas praias de Fortaleza, mas também no interior do Estado”, afirma a vice-presidente da União Espirita Cearense de Umbanda  (Uecum), Tecla Sá, acrescentando que a entidade foi criada em 1967 e que está completando 50 anos de existência neste ano e que nos dias da festa há mais de 60 ônibus vindo do interior para a capital cearense para as comemorações.


PROGRAMAÇÃO - DIA DE YEMANJÁ

PRAIA DO FUTURO - Concentração: Barraca do Zé da Praia

DIA 14 | SEGUNDA
18h - Abertura oficial da Festa de Iemanjá, com a presença da diretoria da União Espírita Cearense de Umbanda (UECUM)
18h30 - Apresentação do Afoxé Filhos de Oya
19h30 - Anderson Monteiro e Paulo Renato cantam a Loa 2017 do Maracatu Filhos de Yemanjá.
20h10 - Pai Rafael de Ogum canta para os Orixás.
20h40 - Início dos trabalhos com o Centro Rei Dragão do Mar de Mãe Taquinha de Oya.
24h - Encerramento no palco principal

DIA 15 | TERÇA
9h - Saída do Cortejo com a imagem da Rainha do Mar da sede provisória da União Espírita Cearense de Umbanda (UECUM), na Rua Castro e Silva, 920 – Centro – Fortaleza.
10h - Chegada da Imagem de Iemanjá ao palco principal
10h20 - Abertura do evento com a presença da diretoria da UECUM
10h25 - Apresentação Cultural do Afoxé Acabaca com a participação de Ivaldo Paixão.
12h - Início dos trabalhos em frente ao palco principal com o Centro Abassa de Yemanjá do Pai Rodrigo.
13h às 16h - Presença de autoridades do Município e do Estado.
16h - Palestra sobre o tema: Yemanjá Rainha do Mar e Mãe do Acolhimento (Kelma de Yemanjá).
17h - Entrega das Oferendas para a Yemanjá.
18h - Encerramento com Apresentação Cultural do Afoxé Filhos de Oya.

PRAIA DE IRACEMA - Concentração: Aterro

DIA 14 | SEGUNDA
16h - Saída do Cortejo (Rua Amadeu Sá, 421 - Bairro Jardim Guanabara).
17h- Acolhimento no Aterro da Praia de Iracema
18h- Abertura Oficial
18h20 - Lançamento do Livro do escritor Cícero Centriny
18h50 - Memorial da Umbanda
19h - Apresentação Cultural
19h30 - Início dos rituais
00h - Encerramento com as primeiras
oferenda

DIA 15 | TERÇA
8h - Roda de Capoeira
9h - Palestra - "O que é tambor de Crioula", Terecô e Tambor de Mina /Escritor Cícero Centriny
10h - Apresentação do Tambor de Crioula
11h - Apresentação de Cocos
12h - Acolhida dos Terreiros
13h - Cânticos para Yemanjá Chegada do Andor saindo do mar
14h - Gira de Caboclo
16h - Cerimônia de Casamento umbandista
17h - Apresentação do Maracatu Solar/ Nação Bom Jardim
17h30 - Partida da Jangada das oferendas
18h - Encerramento.

 

Calendário

Agosto 2017
D 2a 3a 4a 5a 6a S
30 31 1 2 3 4 5
6 7 8 9 10 11 12
13 14 15 16 17 18 19
20 21 22 23 24 25 26
27 28 29 30 31 1 2